15 ervas e especiarias – o poder da cura pela natureza

Partilhe

Avalie este artigo
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Especiarias – as mais poderosas e curativas que deve ter sempre em casa

De todas as ervas que existem, há 15 delas que são as mais poderosas e com funções curativas que deve sempre ter em casa para utilizá-los em prol da sua saúde e do sem bem estar. Veja a lista:

1. Manjericão 

manjericao-viva-saude

O manjericão é uma erva carminativa, ou seja, pode aliviar gases e problemas do estômago. Outro ponto positivo é seu efeito calmante. Uma possível explicação, é a presença de um composto chamado eugenol, que alivia os espasmos musculares.

A boa notícia é que ,estudos feitos em laboratórios sugerem que alguns compostos encontrados no manjericão podem ajudar a interromper a cadeia perigosa de desenvolvimento do cancro. A investigação é preliminar, mas fica a dica para que você sempre tenha manjericão na sua cozinha.

2. Pimenta Caiena 

pimenta-caiena-viva-saude

Pimenta caiena é um pó vermelho procedente de pimentas tropicais. É rica em vitaminas A, B e C, cálcio e potássio, portanto, é grande aliada do coração. A ingestão de pimenta caiena aumenta a ação peristáltica do intestino, ajuda na produção de ácido clorídrico – elemento necessário para uma boa digestão.

Consequentemente, torna-se super importante para a saúde mental, emocional e física, pois é através do sistema digestivo que o cérebro, glândulas, músculos e todas as outras partes do corpo são alimentadas.

3. Canela 

canela-viva-saude

Nativa do Sri Lanka, a canela é uma das especiarias mais antigas do mundo.  Entre as propriedades da canela em casca, está seu alto poder antioxidante, que contribui na cura e na prevenção de diversas doenças.

A canela contém um produto químico amarelo e oleoso chamado cinamaldeído. Este composto é o responsável por matar diversas bactérias. Além disso, estudos mostram que a canela também é capaz de interromper o crescimento da gripe asiática.

Especialistas em ervas afirmam que a canela ajuda a regular o ciclo menstrual e evita hemorragias durante o processo que antecede a menopausa. A canela também é tranquilizante e ajuda a reduzir a ansiedade e o stress.

4. Cravo 

cravo-viva-saude

Desde a antiguidade, além de ser utilizado como especiaria, o cravo também é ingrediente para a composição de medicamentos. O óleo de cravo, por exemplo, tem propriedades anticépticas e, por isso, é bastante utilizado para aliviar dores de dente.

O cravo também está entre os temperos que podem ajudar o corpo a usar a insulina de forma eficaz, diminuindo, assim, um pouco de açúcar no sangue. Estudos revelam que o cravo é um ótimo combustor para a cicatrização de ferimentos.

5. Dill 

dill-viva-saude

Originário no Sul da Rússia e Mar Mediterrâneo, o dill, que parece bastante com a erva-doce, é usado para acalmar o sistema digestivo, a azia e cólicas. Age também contra a insónia e é rico em clorofila, que também faz com que seja útil no tratamento do mau hálito.

6. Erva-doce

ervadoce-viva-saude

Rica em óleos voláteis, a erva doce é conhecida como uma erva carminativa, ou seja, alivia o inchaço, cólicas e espasmos digestivos no estômago e, também, pode reduzir o mau hálito.

Para as mulheres que estão amamentar a ingestão de erva doce funciona de forma semelhante às hormonas do corpo e ajuda a aumentar a produção de leite.

7. Alho

alho-viva-saude

Quando inteiros, os dentes de alho contém um ácido chamado aliina. Quando cortados ou esmagados, este composto entra em contato com a enzima aliinasa transformando-se em alicina, que ajuda a diminuir o colesterol, a pressão arterial e, também, ajuda a evitar a formação de coágulos sanguíneos.

O alho pode evitar a reduzir o risco de desenvolvimento de aterosclerose (endurecimento das artérias), além de ajudar a matar diversos organismos, incluindo vírus e bactérias que causam dores de ouvido, gripes e resfriados. Também é eficaz contra doenças digestivas como, a diarreia. Pesquisas ainda revelam que o consumo de alho ajuda a prevenir o aparecimento de cancro.

8. Gengibre

gengibre-viva-saude

Quando se fala em reprimir o mal estar de doenças, o gengibre é um santo elemento eficaz. Segundo pesquisadores, o gengibre contém o principal ingrediente dos remédios que melhoram o enjoo. Também estimula o fluxo de saliva e a atividade digestiva, e é super eficaz como remédio anti-náusea. Esta erva aromática também ajuda a diminuir o colesterol e é um ótimo analgésico.

9. Hortelã

hortela-viva-saude

Herbalistas de todo o mundo utilizam hortelã como um premier estomacal para combater náuseas, e vómitos, promover a digestão, acalmar espasmos musculares do estômago, aliviar a flatulência e soluços também. O chá de hortelã relaxa as vias aéreas e combate vírus e bactérias. É eficaz para aliviar dores de cabeça e aumentar a agilidade mental.

10. Orégão

oregano-viva-saude

O orégão contém, pelo menos, quatro compostos que aliviam a tosse e 19 produtos químicos com ação antibacteriana que podem ajudar a reduzir o odor corporal. Além disso, o orégão ajuda no sistema digestivo e reduz a pressão arterial.

11. Salsa

salsa-viva-saude

Ervas diuréticas, como a salsa, evitam problemas como pedras nos rins e infecções urinárias, e mantém o bom funcionamento do corpo. Durante a menstruação, alivia contra o inchaço e, por conter alto índice de clorofila,  é um excelente estimulante para uma boa respiração.

12. Alecrim

alecrim-viva-saude

O alecrim é uma das fontes mais ricas de ervas antioxidantes. Estudos revelam que esta erva tem sido eficaz para prevenir a catarata, além de conter 19 produtos químicos com ações anti bacterianas que ajudam a combater infecções. Tradicionalmente utilizado para aliviar a asma, este ingrediente culinário tão comum em nossas cozinhas, também ajuda a prevenir dores no peito.

13. Sálvia

salvia-viva-saude

Os óleos encontrados na sálvia são anti-sépticos e antibiótico, por isso, ajuda a combater infecções. Devido à sua ação estrogênica, a sálvia é eficaz para os sintomas da menopausa, suores noturnos e ondas de calor.

14. Tomilho

tomilho-viva-saude

 

O tomilho contém timol – responsável por aumentar o fluxo sanguíneo para a pele. O calor é reconfortante e, alguns fitoterapeutas acreditam que o aumento do fluxo do sangue acelera a cura. O tomilho relaxa os músculos respiratórios e é utilizado para o tratamento contra bronquite. Aromaterapistas dizem que apenas o cheiro do tomilho é capaz de melhorar o humor.

15. Cúrcuma

curcuma-viva-saude

A cúrcuma tem um excelente efeito anti-inflamatório incluindo efeito benéfico e significativo contra a artrite. É um agente anti-séptico e anti bacteriano natural muito utilizado na desinfecção de cortes e queimaduras. A curcumina, que dá a esta especiaria a pigmentação amarelada, também ajuda a diminuir o colesterol. Também possui antioxidantes e vitaminas A, C e E que mostraram ser eficazes na prevenção de catarata.

Nota: A cúrcuma não deve ser usada por pessoas com cálculos biliares ou obstrução biliar. Apesar da cúrcuma ser frequentemente utilizado por mulheres grávidas, é importante consultar um médico antes do consumo. A cúrcuma pode ser um estimulante uterino.

 

Deixar uma resposta

Newsletter