Como evitar a retenção de líquidos e pernas inchadas

Partilhe

 

Autor – Lígia Santos (Personal Trainers)

Ver perfil completo Personal Trainers

Visite o nosso Site 

 


Retenção de líquidos e pernas inchadas

Retenção de líquidos… Este é um tema quase cliché entre as mulheres, um verdadeiro pesadelo que persegue os seus tornozelos, mãos, pés e abdómen, provocando um aspeto inchado da pele (edema), sensação de pernas pesadas, desconforto e um aumento de peso até 2 ou 3 quilos.

A retenção de líquidos resulta de um desequilíbrio hídrico do corpo. Ela não é mais do que a acumulação excessiva e anormal de líquido entre as células do organismo, o resultado da passagem desse mesmo líquido dos vasos sanguíneos para o tecido subcutâneo dá origem ao edema que todas nós conhecemos.

São vários os fatores que contribuem para esta situação, embora a principal causa seja o mau funcionamento da circulação linfática.

A circulação linfática é responsável por trazer de volta à circulação sanguínea água e certas substâncias que se difundiram pelos tecidos e que são incapazes de regressar à circulação pelos processos normais, a retenção de líquidos surge quando esta se processa de forma incorreta.

Uma fraca ingestão de líquidos, um elevado consumo de sal, alterações hormonais, exposição a temperaturas altas, o consumo de bebidas alcoólicas, elevados níveis de stress e ansiedade também se encontram entre as principais causas deste desequilíbrio.

Acreditamos que a drenagem linfática e a pressoterapia são duas grandes apostas no combate à retenção de líquidos, às pernas inchadas e até à celulite, uma vez que melhoram consideravelmente o funcionamento da circulação linfática, aceleram a absorção de líquidos e das macro-moléculas no tecido intersticial e estimulam o sistema imunitário.

Outros grandes contributos para a resolução desta situação são a prática de atividade física suave (treinos mais prolongados e frequentes), uma correta hidratação, uma dieta rica em fruta e verduras, uma redução do consumo de sal e açucares, a redução do uso de água muito quente no banho e a eliminação de roupa muito apertada do nosso guarda-roupa.

 

Autora:  Lígia Santos 

Deixar uma resposta

Newsletter