Existem desodorizantes que podem provocar o cancro da mama

Partilhe

Já olhou bem para o rótulo dos componentes do seu desodorizante ou antitranspirante? Se não, devia fazê-lo.

Um estudo suíço concluiu que usar desodorizantes ou antitranspirantes com sais de alumínio pode aumentar o risco de desenvolver cancro da mama.

Os investigadores da Universidade de Geneva dizem que a longo prazo a exposição contínua ao cloreto de alumínio – geralmente presente em anti-transpirantes – pode despoletar o desenvolvimento de tumores que se podem espalhar para outras partes do corpo.

Este tipo de compostos bloqueiam temporariamente as glândulas da transpiração, mas podem acumular-se no tecido da mama e produzir alguns efeitos semelhantes aos que o estrogénio provoca.

E, apesar de alguns desodorizantes – concebidos para mascarar o odor da transpiração e não para a impedir – não conterem sais de alumínio, muitas marcas incluem estes compostos nas suas fórmulas.

Como reporta o Daily Mail, para este estudo André-Pascal Sappino, coautor do estudo publicado no International Journal of Cancer, analisou células mamárias humanas isoladas e depois replicou-as nos seus estudos com ratos. Concluiu que a longa exposição a estes químicos resulta em tumores com metástases.

Deixar uma resposta

Newsletter