Hiperlordose Lombar o que é?

Partilhe

 

Autor – Personal Trainers

Ver perfil completo Personal Trainers

Visite o nosso Site 

 


Hiperlordose Lombar o que é, sintomas e o que fazer.

Sabe aquela barriguinha que insiste em ficar mesmo fazendo uma alimentação cuidada e com a prática de exercício adequada? Provavelmente a resposta para o seu problema está na sua coluna!

A coluna vertebral é formada por 33 vértebras e encontra-se dividida por zonas, cervical, dorsal, lombar, sacro e cóccix. Cada uma destas zonas apresenta um determinado tipo de curvatura consoante a sua função e localização. A curvatura da zona lombar é designada de lordose, uma curvatura côncava.

Mas quando esta lordose se encontra acentuada, a designação que lhe é dada é de hiperlordose e está associada a uma anteversão pélvica (inclinação pélvica anterior), encurtamento dos extensores lombares, fraqueza abdominal e glútea.

Uma pessoa com hiperlordose lombar apresenta dor no fundo das costas, principalmente após um período longo de pé, fraqueza abdominal (a barriga fica com uma aparência mais anteriorizada e proeminente) e aumento da celulite na região glútea.

Esta alteração pode ter causa genética ou estar relacionada com más posturas, fraqueza muscular, sedentarismo, gravidez e lesões por esforços repetitivos.

Existem no entanto algumas doenças que podem contribuir para o aparecimento da hiperlordose como é o caso da espondilolistese (quando uma vértebra se desloca em relação à vértebra adjacente), obesidade, hérnia discal e osteoporose.

O diagnóstico de hiperlordose é feito geralmente através de um raio X extra-longo, que têm como objetivo verificar se o ângulo da lordose lombar é superior ao normal. Em casos de comprometimento neurológico é importante realizar uma TAC ou ressonância magnética para perceber a origem do problema.

A avaliação postural feita por um fisioterapeuta é outra importante técnica de diagnóstico, não só para identificar a hiperlordose mas também para avaliar quais as compensações criadas pelo corpo noutras articulações.

A fisioterapia apresenta resultados bastante significativos neste género de situações, através da reeducação postural global é possível diminuir as alterações posturais, reduzir a dor, aumentar a força muscular nos músculos comprometidos, aumentar a estabilidade articular, mobilidade e flexibilidade.

Se acha que se encaixa no que aqui foi dito, não hesite consulte um profissional qualificado e não descure dos exames complementares de diagnóstico!

 

Autor: Personal Trainers

 

Deixar uma resposta

Newsletter