Índice de Massa Corporal (IMC) saiba a sua importância

Partilhe

Índice de Massa Corporal (IMC) o que é?

O índice de massa corporal (IMC), é uma medida reconhecida internacionalmente que permite avaliar o nível de gordura em cada pessoa, indo a sua escala de subnutrição até obesidade de grau três.

O índice de massa corporal permite determinar se estamos abaixo (magreza extrema e abaixo do peso normal), dentro ou acima (excesso de peso ou obesidade) do nosso peso normal.

É importante frisar que o Índice de Massa Corporal é apenas um método preliminar de verificação das condições de peso de uma pessoa, devendo – a critério médico – ser complementado com outros exames.

A importância do índice de massa corporal

A importância do índice de massa corporal assenta no fato de que através  deste método podemos proceder a uma avaliação do nível de gordura do nosso corpo e dai identificar possíveis fatores de risco (tabagismo, alteração no colesterol, alteração do nível de açúcar no sangue, sedentarismo, hereditariedade, entre outros) para o desenvolvimento de doenças relacionadas com a subnutrição (inflamação nervosa, cegueira, anemia, diarreia, ulcerações bucais e gastrointestinais) e a obesidade (hipertensão arterial, arteriosclerose, insuficiência cardíaca congestiva, entre outras).

A prevalência do excesso de peso e da obesidade é, normalmente, avaliada utilizando o índice de massa corporal (IMC), que é recomendado inclusivamente pela Organização Mundial de Saúde, para adultos com mais de 20 anos de idade.

A identificação atempada de alguns destes fatores de risco, através do índice de massa corporal, permite a alteração de comportamentos e em último caso salvar a sua vida.

Faça o seu cálculo
O IMC é determinado pela divisão da massa do indivíduo pelo quadrado de sua altura, onde a massa está em quilogramas e a altura está em metros.

Calcule o  seu IMC: 

Classificação do IMC:

< 18,5 / Abaixo do Peso
18,6 – 24,9 / Saudável
25,0 – 29,9 / Peso em excesso
30,0 – 34,9 / Obesidade Grau I
35,0 – 39,9 / Obesidade Grau II (severa)
≥ 40,0 / Obesidade Grau III (mórbida)

Limitações do IMC:

  1. A partir do IMC não é possível diferenciar os componentes gordo e magro da massa corporal;
  2. A partir do IMC pessoas brevilíneas e/ou musculosas podem ter um valor de Índice de Massa Corporal inadequado à sua realidade e serem consideradas obesas;
  3. Diferenças étnicas influenciam no IMC. Por exemplo: descendentes asiáticos podem ser considerados mais obesos;
  4. Para idosos, o IMC possui uma classificação diferenciada.

 

Autor: Viva Saúde 
            fittrend.com.br

Deixar uma resposta

Newsletter