Melancia, o Super Fruto do Verão

Partilhe

Melancia o super fruto do Verão 

Trata-se de uma fruta doce, saborosa, suculenta, muita rica em minerais, com grande concentração de água e teor calórico muito baixo. Tais características, aliadas à sua capacidade nutricional, faz da melancia uma poderosa ajuda para aquelas pessoas que precisam perder peso, qualquer que seja o processo de emagrecimento utilizado.

A melancia é leve, antioxidante e diurética, e fornece água e minerais essenciais para o correto funcionamento do seu organismo refrescante (cerca de 90% da sua polpa é constituída por água), não engorda e tem imensas propriedades saudáveis, sendo rica em vitaminas (A, C e B) e minerais (cálcio, fósforo e ferro).

O consumo de melancia aumenta a produção de proteínas regenerativas que constroem músculos e reparam a quantidade de mitocôndrias no organismo, mesmo com o envelhecimento, o que permite que elas produzam mais energia e ainda queimem mais gordura.

Principais benefícios da melancia:

Ajuda na hidratação:

Por ser uma fonte abundante de água, a hidratação do corpo é uma consequência esperada do consumo da melancia, ajudando, portanto, na manutenção do equilíbrio hídrico do corpo.

Age como um poderoso antioxidante:

A sua ação antioxidante ajuda na eliminação de radicais livres, prevenindo, combatendo e inibindo alguns tipos de cancro, como os de cólon, próstata, pulmão e de mama. Isso ocorre pela alta concentração do caratenóide denominado licopeno, que estudos já comprovaram ser eficaz no combate da doença e de diversas outras.

Atua na prevenção de problemas renais:

O potássio ajuda a eliminar as toxinas do corpo a partir dos rins, prevenindo problemas renais, como a formação de cálculos renais, e a melancia tem grande concentração desse mineral.

Auxilia no controle da pressão arterial:

Um dos benefícios da melancia mais visados é o auxílio que a fruta proporciona no controle da pressão alta. A melancia ajuda a baixar a pressão arterial, uma vez que é uma excelente fonte de magnésio e potássio, substâncias muito eficientes na redução da pressão sanguínea, diminuindo o endurecimento das paredes das artérias.

Previne problemas cardíacos:

A melancia tem componentes como a vitamina C, licopeno e beta-caroteno, que ajudam na diminuição do mau colesterol (LDL), auxiliando na prevenção de problemas cardíacos, uma vez que impedem que o colesterol fique acumulado nas artérias e vasos sanguíneos.

Protege a pele contra o envelhecimento precoce:

A melancia age como um protetor solar, protegendo a pele dos raios solares nocivos. Além disso, a alta concentração de substâncias antioxidantes e vitamina C auxilia na prevenção e combate ao envelhecimento precoce.

Ajuda no controle e prevenção da diabetes:

A quantidade de açúcar encontrada na melancia é mínimo, portanto, esse é um dos grandes benefícios da melancia para pessoas portadoras da diabetes, já que podem consumir a fruta sem problemas. Além disso, a melancia tem uma substância denominada arginina, cuja ação ajuda a melhorar a taxa de insulina no corpo. Estudos também já comprovaram que alguns minerais presentes na melancia, como o magnésio e potássio, auxiliam no funcionamento adequado da insulina no corpo.

Tem ação diurética:

É um diurético excelente, uma vez que reduz a retenção de líquidos. As propriedades diuréticas da fruta são muito importantes, pois a grande concentração de água ajuda na eliminação de líquidos e resíduos retidos no corpo, limpando o organismo e diminuindo o inchaço, o que vai influir diretamente no emagrecimento corporal. É indicada para pessoas que sofram de cálculos renais, ácido úrico elevado ou hipertensão.

Ajuda na redução do risco de alguns tipos de cancro:

Em particular do pâncreas, pulmão, cólon e próstata (as suas sementes também ajudam a preservar a saúde da próstata, pelo que aconselha-se os homens a beber sucos de melancia com as sementes trituradas).

Tem um efeito calmante sobre a mente e as emoções:

Para potenciar esta ação, é aconselhável ingeri-la em sumo, separando as sementes, que são oleosas e nutritivas. Se, para além disso, lhe juntar umas cerejas sem caroço, vai obter um bom aliado para a pele e um método natural para combater o stress.

Previne sinais de envelhecimento:

Ajuda a manter o cabelo, a pele, e as unhas saudáveis.

Recomendações:

Recomenda-se a melancia aos que sofrem de dores e gases intestinais, bem como aos que padecem de afecções das vias respiratórias, como bronquites crônicas, catarros pulmonares, etc.

Contra-indicações:

Pessoas com o alto índice glicêmico, devem ter cuidado como tomam esta fruta, deve ser sempre acompanhada com uma fonte de proteína ou gordura vegetal. E não comer a melancia em jejum. Deve ser evitado por pessoas que padeçam alergia (muito raro) à citrulina (relacionado a defeciência da enzima arginosucinado), e artrite reumatoide.

Estudos indicam ainda que os benefícios do licopeno e do betacaroteno presentes na fruta melhoram quando ela é consumida em temperatura ambiente. Por isso, vale o sacrifício de deixá-la um tempinho fora da geladeira.

Como escolher uma melancia: 

Opte pelas que têm marcas amarelas na casca para garantir que escolhe uma madura. Se as manchas forem brancas ou esverdeadas significa que foi colhida antes do tempo e, portanto, não terá sabor. Quando for comprar, segurecom uma mão e dê umas palmadas com a palma da outra. Se o som lhe parecer oco é porque está no ponto certo. Finalmente, verifique se a superfície não tem cicatrizes, áreas sujas ou amachucadas nem outros defeitos. Se a comprar aos pedaços, certifique-se de que a polpa é firme e suculenta.

 

Autor: Viva Saúde

Deixar uma resposta

Newsletter