O perigo do uso de saltos altos para a Saúde

Partilhe

 

Autora – Joana Eira

Fisioterapeuta na HandCare Clínica

Ver perfil completo da Joana


USO DE SALTOS ALTOS – UM PERIGO PARA  A SUA SAÚDE

O uso de saltos altos, para além ser um símbolo de elegância, feminismo e sensualidade, os sapatos altos podem representar alguns perigos, pelo que a importância da perceção dos seus sintomas é importante. É bem visto pela nossa sociedade, mas cada vez mais as mulheres estão consciencializadas para os perigos que acarretam o uso deste tipo de calçado, começando a reduzir para apenas ocasiões especiais.

O QUE ACONTECE COM O USO DE SALTOS ALTOS?

A utilização diária de saltos, pode provocar desequilíbrios musculares e as mais diversas lesões principalmente:

  • Nos joelhos;
  • Nos tornozelos;
  • Na bacia;
  • Nos pés;
  • E na coluna lombar.

A estrutura de um salto alto exige uma elevação do calcanhar, promovendo a inclinação do pé para a frente e para baixo. Quanto maior for o salto maior será a pressão exercida nos pés, pois transfere o peso para os dedos, contraindo os músculos da região posterior da perna, encurtamento do tendão de Aquiles, exercendo uma pressão exagerada sobre os joelhos e sobre a coluna lombar pressionando as vértebras e contraindo os músculos dessa mesma região.

 

DISTRIBUIÇÃO DO PESO NOS PÉS CONFORME ALTURA DO SALTO

problema-uso-salto-alto-2

A imagem anterior permite transmitir graficamente a distribuição da massa corporal sobre os pés.

No primeiro caso é apresentada a situação normal, quando não existe nenhuma elevação do calcanhar. Nesta situação, o peso é aproximadamente distribuído de forma igual sobre os dois principais pontos de apoio.

Na imagem do canto superior direito, conclui-se que apenas uma elevação de 4cm tem a capacidade de inverter completamente a distribuição do peso face à situação inicial.

No canto inferior esquerdo, com o agravamento da subida do calcanhar em apenas 2cm (total de 6cm) o peso passa maioritariamente para o apoio mais distal do pé.

Por fim, na última situação, o peso é completamente transferido para a zona frontal do pé, quando o salto é superior a 10cm.

RISCOS

  • Com o uso de saltos não se realiza corretamente as fases da marcha, realizando alternativas para manter o controlo da postura e equilíbrio do corpo;
  • Hipertrofia dos músculos posteriores da perna;
  • Dores musculares;
  • Alteração do retorno venoso;
  • Fasceíte plantar;
  • Joanetes (hallux Valgus);
  • Neuroma de Morton;
  • Quedas, torções ou até mesmo fraturas;
  • Entre outras situações adjacentes.

 

RECOMENDAÇÕES

Sendo a utilização de saltos altos uma exigência de algumas senhoras, recomenda-se a utilização deste calçado ocasionalmente e principalmente em situações que não se deva permanecer muito tempo de pé ou em marcha.

Se tiver necessidade de usar saltos, pela moda ou mesmo pela sua profissão, tente variar a altura e o formato dos saltos, realizando algum destas dicas nos momentos mais oportunos do dia:

-Alongar os músculos da face posterior das pernas;

-Massaje os pés, calcanhares e os músculos da região posterior das pernas, pois estimula a circulação sanguínea e promove a oxigenação dos tecidos.

 

Autora: Joana Eira 

 

Deixar uma resposta

Newsletter