CARDO MARIANO 60 DRAGEIAS – CALENDULA

13.53 C/ IVA

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...
Avalie este produto

FÍGADO/DIGESTÃO DIFÍCIL/DESINTOXICANTE 

O Cardo Mariano da Calêndula contém os frutos do Cardo Mariano, intensivamente investigados nos últimos anos e que têm um espantoso efeito protector e regenerador das células do fígado.

INDICADO PARA:

  • Proteger o fígado
  • Fortificante do fígado
  • Hepatites
  • Doenças do fígado

Em stock

Descrição

CARDO MARIANO 60 DRAGEIAS – CALENDULA

INDICAÇÕES

Más digestões, Fígado gordo, Icterícia, Intoxicações, Litíase biliar.

TIPO DE ACÇÃO

Digestiva, Colagoga, Hepatoprotectora, Desintoxicante.

MODO DE TOMAR

Tomar 2 a 3 drageias, 3 vezes por dia, após as refeições.

INGREDIENTES

Hippophae rhamnoides L.; agentes de transporte: Frutose, Água; edulcorante: Sorbitol; Cardo Mariano 2,5%; espessante: Goma de Guar; conservante: Sorbato de Potássio; espessante: Goma de Alfarroba; acidificante: Ácido L-Ascórbico; estabilizador: Pectina.

OUTRAS TERAPÊUTICAS

Digestão lenta e difícil , Azia, Cirrose, Fígado gordo, Hepatite, Icterícia, Litíase biliar, Vesícula biliar preguiçosa, Flatulência, Desintoxicar

INFORMAÇÃO E DESCRIÇÃO

Esta é uma grande planta pertencente a família das Margaridas. Tem folhas verdes brilhantes com espinhos nas bordas e botões característicos de grandes flores roxas. Esta planta originária do Mediterrâneo é cultivada em muitas partes da Europa.

Ao longo dos anos tem-se feito um pouco de confusão acerca da terminologia desta planta. Foi primeiramente conhecida como Carduus Marianus. Hoje em dia, a maioria dos fitoterapêutas prefere usar o nome botânico ‘moderno’ Silybum marianum.

Esta planta possui uma série de nomes populares sendo Cardo Mariano e Cardo de Santa Maria os mais comuns. A planta não deve ser confundida com o Cardo Santo, que possui nome botânico Carduus benedictus, que é uma outra planta excelente para o fígado.

O Cardo Mariano tem uma longa história como uma planta medicinal. No Século XIX, o médico alemão Rademacher ficou muito interessado na actividade desta planta e tratou todos os seus pacientes com problema de fígado usando uma tintura feita a partir das sementes da planta. Esta tintura ainda é encontrada hoje em algumas Farmacopeias, trazendo o seu nome Tinctura Cardui Mariae Rademacher.

MODO DE ACÇÃO

Só recentemente o princípio activo do Cardo Mariano foi isolado. É um flavonol, não identificado anteriormente e foi-lhe dado o nome Silymarin. Os pesquisadores em Fitoterapia Wagner, Hoerhammer e Munster foram os primeiros a descrever este componente, identificando-o como o princípio ‘anti-hepatotóxico’ na planta. Desde então a literatura publicada sobre esta planta confirmam que, clinicamente, o uso mais importante desta planta é para proteger o fígado contra danos.

Na sua actividade normal, o fígado é confrontado com uma boa quantidade de toxinas a cada minuto do dia. Algumas destas toxinas (como descrito na intoxicação por paracetamol) podem causar dano ao fígado. Sabe-se agora que a Silimarina é capaz de prevenir ou pode fortalecer a área antes que ocorra dano, possivelmente por estabilizar a membrana celular do fígado de modo que as toxinas não são capazes de atingi-lo.

Algumas pesquisas também indicam que a Silimarina é capaz de reverter um dano já ocorrido aos hepatócitos. É provável que a Silimarina aumente os níveis de síntese das proteínas celulares, ajudando a recuperar as células danificadas e a sintetizar metabólitos importantes tal como o anti-oxidante glutationa.

INDICADO PARA:

  • Proteger o fígado
  • Fortificante do fígado
  • Hepatites
  • Doenças do fígado

Dados clínicos têm agora confirmado que o cardo mariano tem um lugar significativo no tratamento de hepatites crónicas e agudas. Os sintomas de doenças do fígado que observamos quando este está funcionando abaixo da sua capacidade, tal como pouco apetite, cansaço e uma falta geral de bem-estar tem demonstrado clinicamente melhorar com esta planta.

A planta é particularmente útil também para o tratamento de fígado gordo e clinicamente, bons resultados tem sido demonstrado com a cirrose do fígado.

A quantidade de publicações sobre esta planta tem crescido tremendamente com o passar dos anos. O principal trabalho de pesquisa sobre esta planta foi feito por Vogel (150 referências), Bode (39 referências), Cairn (23 referências) e Barbarine (20 referências).

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “CARDO MARIANO 60 DRAGEIAS – CALENDULA”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter