Tratamento de lesões e recuperação muscular – terapia quente e frio

Partilhe

 

Autor – Personal Trainers

Ver perfil completo Personal Trainers

Visite o nosso Site 

 


Terapia quente e frio

A terapia do quente e do frio, sempre foi usada no mundo do exercício e tem uma grande importância no tratamento de lesões, na recuperação muscular, porém cria sempre dúvida quando e como usar uma e outra.

A terapia do quente está mais ligada à parte do relaxamento muscular.

O que faz o quente?

O tratamento a quente abre as veias, o que aumenta o fluxo sanguíneo, relaxa os músculos e ajuda a aliviar a dor.

Quando usar?

O calor é uma ótima maneira de ajudar a soltar articulações rígidas e músculos tensos. É também um ótimo método para aliviar as dores de cabeça causadas pela tensão e outras condições crónicas. Tem que esperar sempre entre 48h a 72h após uma lesão para poder aplicar o tratamento de calor. Na dúvida, faça gelo.

Conselhos de segurança

– Tratar apenas 20 minutos de cada vez.

– Não se deite sobre uma compressa ou saco de água quente: pode correr o risco de adormecer e queimar-se.

– Não use calor se não sentir a parte do corpo que está a tratar.

– NUNCA use calor se houver inchaço ou contusão

– Não aplique diretamente sobre a pele, use uma toalha

– Não use o tratamento a calor se tiver má circulação, como é o caso da diabetes

– Aguarde 1h entre tratamentos.

Por outro lado, a terapia do Frio, ao contrário do Quente, é aconselhado para tratar lesões articulares, de tendões e de quedas.

O que faz?

A terapia a frio desacelera a circulação para a lesão, o que reduz o inchaço, a inflamação e a dor.

Quando usar?

O gelo deve ser feito imediatamente a seguir à lesão ou depois de atividade física que agrave uma situação crónica. Esta terapia ajuda no alívio de enxaquecas, inchaços, entorses ou tensões que possam resultar da prática de desporto, quedas, deslizes ou levantamento de pesos. Também ajuda em queimaduras pouco graves se aplicar água gelada da torneira. Em caso de dúvida, aplique gelo.

Conselhos de segurança

– Não trate por mais de 20 minutos de cada vez.

– Durante o tratamento, verifique o estado da pele a cada 5 minutos e certifique-se que não ocorreu nenhum dano, tal como queimadura (a pele ficaria avermelhada e/ou com bolhas)

– Não aplique gelo diretamente sobre a pele: utilize uma toalha.

– Aguarde 1h entre tratamentos.

Em resumo, sempre que tem dúvidas em relação ao melhor tratamento para a sua lesão aconselhe-se junto do seu treinador pessoal, ou fisioterapeuta. A Personal Trainers consegue ajudá-lo(a), saiba como.

 

Autor: Personal Trainers

 

 

 

Deixar uma resposta

Newsletter